Notícias Rss

ALMG se iluminou de rosa como forma de conscientização - Arquivo ALMG
ALMG se iluminou de rosa como forma de conscientização - Arquivo ALMG - Foto:Daniel Protzner
07/11/2022 10h30

Outubro Rosa será debatido em Comissão da Mulher

Campanha anual foca na prevenção e no combate ao câncer de mama. Assunto pauta reunião desta terça (8).

Debater a importância de ações de prevenção e combate ao câncer de mama, por ocasião da campanha Outubro Rosa, é o objetivo de reunião da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que acontece na próxima terça-feira (8/11/22), no Plenarinho I, a partir das 14 horas. O requerimento para a realização da reunião é da presidenta da comissão, deputada Ana Paula Siqueira (Rede).

O Palácio da Inconfidência, sede do Parlamento mineiro, ficou com suas fachadas iluminadas de rosa durante o mês de outubro, como forma de conscientizar a população mineira da importância da campanha. 

Acompanhe a reunião ao vivo e participe do debate.

Na campanha, que ocorre mundialmente, instituições e entidades diversas buscam informar sobre a prevenção contra a doença e mostrar a importância do diagnóstico precoce. O câncer de mama é um dos tipos de câncer que mais afetam e matam mulheres, seguido pelo câncer colorretal e de colo de útero.

Campanhas aumentam ações preventivas

Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, excluídos os cânceres relacionados a tumores de pele não melanoma, o de mama é o que mais acomete as mulheres, com taxas mais altas no Sul e no Sudeste. Em relação aos óbitos, constitui a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todo o Brasil. Para 2022, são estimados 66.280 casos novos de câncer de mama.

Um artigo científico brasileiro publicado na revista Public Health in Practice, neste ano, aponta que as campanhas do Outubro Rosa aumentam as ações preventivas de combate ao câncer de mama. A busca por mamografia, por exemplo, cresce 39% no período da campanha e nos meses imediatamente seguintes, segundo a publicação.

Como surgiu o Outubro Rosa

Originalmente, a campanha foi criada nos Estados Unidos, na década de 1980, por Nancy Brinker, irmã de Susan G. Komen, vítima do câncer de mama. Desde a morte da sua irmã, Nancy prometeu seguir na batalha contra essa doença e fundou a ONG Susan G. Komen for the Cure, na qual foi criada a Corrida pela Cura e o Outubro Rosa.

Desde então, o mês é marcado por campanhas de conscientização sobre o câncer de mama com foco especial nas mulheres. O laço cor-de-rosa, símbolo da prevenção ao câncer de mama, também foi lançado pela fundação Susan G. Komen para simbolizar essa luta.

No debate promovido pela Assembleia, são esperados o vereador e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Manhuaçu (Zona da Mata), Rodrigo Júlio dos Santos; o presidente da Ação Solidária às Pessoas com Câncer (Aspec) e integrante da Comissão Minas Contra o Câncer, Marcelo Luiz Pedroso; a presidente da Associação de Prevenção do Câncer na Mulher (Asprecam) e integrante da Comissão Minas Contra o Câncer, Mônica Bessa Reis; e o médico oncologista e coordenador do Serviço de Oncologia do Instituto Mário Penna, Ellias Magalhaes e Abreu Lima, entre outros convidados. 


Tópicos:
Últimas Notícias
21/06/2024 Tadeu Martins Leite encerra encontros regionais da Crise Climática em Unaí
00:06:01 | Download (14129kb)

21/06/2024 Suporte financeiro a produtor rural atingido por chuvas extremas está valendo em Minas
00:02:57 | Download (6922kb)
facebook facebook
Carregando Carregando posts...
Twitter Twitter
Twitter